Stephen Michael King: “Meus personagens são uma versão mais colorida de mim mesmo”

Era uma vez um universo em que havia um urso branco que acordava colorido todos os dias. Havia também um homem que amava caixas e que, com elas, criava delicadezas e presença com o filho. Nesse lugar, moravam ainda Pingo e Filó, dois amigos que resolvem descobrir o que acontece com a quinta-feira quando chega … Continue lendo Stephen Michael King: “Meus personagens são uma versão mais colorida de mim mesmo”