Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

,

Cultura Indígena: palavras e nomes revelam origem de termos comuns no cotidiano brasileiro

15/04/2019

Não fique assim tão jururu. Venha comer um pirão de pirarucu comigo aos pés da Serra da Mantiqueira, guri!

Essas duas frases acima e esse convite delícia não existiriam não fossem os povos nativos da America. Jururu, pirão, pirarucu, Mantiqueira e guri são palavras de origem Tupi, que foi a língua oficial do Brasil até 1758. Substituída pelo Português, foi dada como “morta”, mas há ainda hoje muitas etnias que falam idiomas derivados daquele Tupi original, que foi o idioma que os amigos do Pedro Álvares Cabral tiveram de aprender a falar para negociar o pau-brasil.

Ilustração do livro Poemas de minha terra tupi; Maté se inspirou na arte dos asurinis e parakanãs, do Pará, para ilustrar a obra

Nada menos que 80% dos nomes de plantas e animais da nossa fauna e da nossa flora vieram desse idioma tão sonoro, rítmico, poético. Tatu, por exemplo, é “carapaça forte”. Seriema, aquele ave enorme e linda do centro-oeste, significa “crista em pé” e jacaré é sinônimo de “aquele que olha com desconfiança”.

Premiada aquarelista e artista plástica, Maté — pseudônimo de Marie-Thérèse Kowalczyc — se encantou pela sonoridade das palavras Tupi e transformou algumas delas em belíssimos poemas, que estão no livro Poemas de minha terra tupi, uma das obras escolhidas para representar o Brasil na Feira de Bolonha deste ano.

Ela contou para o Blog da Brinque um pouco de seu processo criativo:

Poemas da minha terra tupi, recém-lançado pela Brinque-Book, é uma homenagem em versos à herança tupi que, 500 anos depois, ainda sobrevive na paisagem, no nome dos bichos, das plantas e no jeito de ser da gente daqui. A musicalidade das palavras indígenas que dá todo o seu sabor ao português falado no Brasil é um convite para brincar de poeta e resolvi me arriscar

Essa ideia resultou também num glossário ilustrado, publicado no final do livro, que a gente compartilha aqui. Quantas frases você cria com essas palavras tão comuns — e tão cantantes — incorporadas à nossa língua?

Ilustração do livro Poemas de minha terra tupi, de Maté

Para conhecer ainda mais sobre a Cultura Indígena das etnias brasileiras, você pode dar uma espiada aqui, onde listamos vários livros incríveis sobre o tema, como Kaba Darebu, de Daniel Munduruku.

Ah, por falar nisso, já descobriu o que é jururu?


Sem comentários no momento

Grupo Brinque-Book
Rua Mourato Coelho, 1215 - Vila Madalena
São Paulo - CEP 05417-012 - SP