Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

,

Conheça os livros da Brinque-Book selecionados para representar o Brasil em Bolonha

29/03/2019

Quatro livros lançados pelo Grupo Brinque-Book –das editoras Brinque-Book e Escarlate–  foram selecionados para o catálogo que a FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) levará representando o Brasil para a Feira Internacional do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, que acontece anualmente na cidade italiana de mesmo nome.

Desde os anos 70, a FNLIJ escolhe os melhores livros publicados para compor o catálogo e apresentar a produção nacional naquele que é o principal encontro internacional de literatura para crianças e jovens. Além do catálogo, que pode ser acessado por aqui, os livros são expostos no estande da Fundação na feira.

As escolhidas pela FNLIJ foram as obras A garrafa, de Patricia Auerbach; Manu e Mila, de André Neves; Poemas da minha terra tupi, assinado por Maté; e Suspiros de luz, da poeta Roseana Murray com as aquarelas de Walter Lara. A Fundação é representante do IBBY (International Board on Books for Young People) no Brasil.

É também o IBBY um dos organizadores da Feira de Bolonha, que concede os dois prêmios mais importantes do segmento, o Hans Christian Andersen e o Astrid Lundgren Memorial.

Conheça abaixo as obras da Brinque-Book e da Escarlate selecionadas pela FNLIJ:

1) A garrafa, Patricia Auerbach: à primeira vista, parecia uma garrafa vazia e nada mais. Mas foi só olhar de pertinho para ver quantas brincadeiras cabiam ali! Nesse livro de imagem, a garrafa de plástico deixada na pia da cozinha se transforma em objeto de observação pelos olhos de uma criança muito curiosa – como toda criança é. Carrinho, foguete, megafone, tromba de elefante e orelhas de coelho são algumas das possibilidades que se multiplicam quando, na lata de lixo reciclável, várias outras garrafas são encontradas. Das coisas nascem coisas? Se olhar de pertinho, com aquela curiosidade de criança, a resposta é sim! Da mesma série e da mesma autora dos premiados O lençoO jornal

>>Tem resenha desse livro aqui e uma entrevista com Auerbach por aqui. Abaixo, leia um trecho do bate-papo com ela no Brinque-Book Brinca:

 

Quando não tem ninguém olhando, do que você brinca? E quando tem alguém olhando?
Quando não tem ninguém olhando eu canto! Eu adoro cantar e cantarolo o dia todo porque as palavras me fazem lembrar das musicas que eu gosto. E quando tem alguém olhando? Aí eu fico um tantinho vermelha, mas canto do mesmo jeito!

 

2) Manu e Mila, André Neves: céu anil, jardim florido, sol e nuvens branquinhas. Mila acordou inspirada e foi logo nomeando suas sensações com poesia. Sabia que aquela manhã deliciosa lhe traria um caminho: “Hoje é um dia perfeito para encontrar a alegria”, disse ao Manu, que  logo contestou: “Mas onde encontrar a alegria?”.  Em suas pequenas grandes convicções, eles foram, ao ar livre, procurar o que podia estar ali sob seus olhos. No alto de uma árvore, debaixo de uma joaninha. Manu achava uma coisa, a garota Mila encontrava outra. O que não sabiam é que essa busca tinha muito em comum: o viver, na delicadeza do que o outro nos apresenta. Do mesmo autor do premiado Obax.

>>Aqui, leia uma entrevista com André Neves sobre o livro, resenhado pelo Blog da Brinque neste outro link. Abaixo, um trecho da conversa com o autor:

 

É uma pergunta que todo mundo faz, mas talvez porque não dê mesmo para fugir dela, queremos saber: você pode contar um pouco do seu processo criativo e de trabalho? O que inspira você? Como essas inspirações vão se concretizando? De que forma você escolhe as técnicas (ou elas escolhem você)?
A inspiração daquilo que faço vem diretamente das coisas que acontecem comigo. Apenas uso fantasia para modificá-las. Algo que ouvi, vi, presenciei, experimentei ou brinquei. Às vezes, nem percebo quando acontece. O fato é que cedo ou tarde isso vem à tona e se transforma em história. A realidade é algo chato demais para recontar. Então, trato minhas realidades com fantasia. Assim tudo fica mais leve, poético e divertido.

Literatura, pra mim, é sonho.

 

3) Poemas da minha terra tupi, Maté: Jaguaré, jururu, pirão e pororoca… Toda criança brasileira, quando aprende a falar, aprende também um bocado de palavras de origem tupi. São palavras que falam da paisagem, dos bichos, das plantas e do jeito de ser da gente daqui. E não é que muitas delas vieram passear nos versos singelos deste livro de poemas, esperando que o leitor as reconheça? Com texto e ilustrações de Maté, Poemas da minha terra tupi celebra, com curiosidades, histórias, cor e alegria, o significado de muitas palavras e expressões que usamos no dia a dia, 38 das quais são apresentadas em um glossário, no final do livro.

>>Leia aqui uma conversa do Blog da Brinque com Maté no Brinque-Book Brinca. Uma palhinha? Veja o trecho abaixo:

 

Qual foi a ideia mais brincante que você teve e que virou livro?
Mais do que uma brincadeira, cada livro que eu publiquei (seja como autora ou como ilustradora) foi um desafio prazeroso, do primeiro trabalho ao mais recente.

 

4) Suspiros de luz, Roseana Murray (texto) e Walter Lara (ilustrações): poemas visuais, repletos de animais, iluminados por uma vasta gama de cores de aquarela. Um texto que mexe com os sentidos e revela, no poder da natureza, uma poesia sucinta, mas de grande impacto: o haicai. No novo livro de Roseana Murray, ilustrado por Walter Lara, o leitor certamente se encantará com 24 poemas deleitáveis, como este: “As gaivotas de prata/ Rabiscam o céu/ Voo e caligrafia.”


Sem comentários no momento

Grupo Brinque-Book
Rua Mourato Coelho, 1215 - Vila Madalena
São Paulo - CEP 05417-012 - SP