Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

Presente de Natal? Nossos autores indicam 23 livros imperdíveis para presentear!

15/12/2021

Já escolheu o presente de Natal – ou de fim de ano – para as pessoas queridas? Se você é como a gente, apaixonada (o) por livro infantil, está no lugar certo! 🙂

Livro é um ótimo presente, mesmo que nem sempre a gente lembre dele na hora de escolher o que vamos dar às crianças e adultos (por que não?) que amamos.

  • Mais que presente, um livro é presença! Afinal, o livro ilustrado em geral requer um adulto atencioso e presente mediando a leitura;
  • Leitura estimula a imaginação e a criatividade
  • Ler diverte
  • O livro ajuda a diminuir o tempo de tela das crianças, que aumentou muito por causa da pandemia
  • Os livros levam histórias e memórias às crianças

Escolher os livros dos pequenos é delicioso. Mas nem sempre fácil. Como você é nessa tarefa?

 

Histórias e afetos pra voar: que livros você dar de “presença” neste fim de ano? Imagem: O homem que amava caixas, de Stephen Michael King

Para ajudar, o Blog da Brinque fez uma seleção de livros com a ajuda de autores da casa, que são presentões para as crianças da sua vida. Afinal, quer presente melhor que uma história?

Livro de presente de Natal

Confira a seguir a nossa lista, elaborada com a participação de Guilherme Karsten, Lole, Marilda Castanha, Januária Cristina Alves, Laurabeatriz, Silvana Salerno, Marcia Cristina Silva, Renato Moriconi e Katia Canton.

Saiba também por que cada um deles foi escolhido. Vamos?

GUILHERME KARSTEN

ganhador do Prêmio Jabuti 2021 de Ilustração com Carona (Companhia das Letrinhas):

 1) Livro clap

Madalena Matoso, Companhia das Letrinhas

“Um livro que esbanja criatividade com ótimas ilustrações a partir de uma única palavra…  ou som”.

 

2) Jemmy Button

Alix Barzelay, Jennifer Uman e Valerio Vidali, Pequena Zahar

“Considero este um dos livros mais bonitos em minha biblioteca (tenho 2 exemplares). Uma aula de ilustração e uma história muito peculiar”.

 

3) A árvore generosa

Shel Silverstein, Companhia das Letrinhas

Este livro sempre amolece meu coração, me ensina muito sobre um amor que se interessa mais pelas pessoas do que pelas coisas. Tento me ver na árvore, mas acabo me encontrando no menino, sempre.

 

LOLE

ilustradora dos livros de Monteiro Lobato pela Companhia das Letrinhas, indicou:

4) A raiva

José Carlos Lollo e Blandina Franco, Pequena Zahar

Nada explica melhor a raiva do que esse livro.  Além de ser um jeito muito divertido de mostrar esse sentimento para os pequenos, sempre leio para as minhas filhas quando elas precisam lidar com esse monstrinho incontrolável.

5) Nós agora somos quatro

Lilli L’Arronge, Companhia das Letrinhas

Ganhei esse livro quando estava grávida da minha segunda filha. Um resuminho da mudança de vida de uma família de três para quatro integrantes.  Os pais e as crianças vão se enxergar ali.

 

6) Meu amigo está triste

Mo Willems, Companhia das Letrinhas

Um dos meus autores e ilustradores favoritos. O que mais admiro no Mo Willems é que ele sabe pensar como as crianças pensam. Impossível não se envolver, não rir e se divertir com qualquer livro dele.

 

MARILDA CASTANHA

autora do livro A quatro mãos (Companhia das Letrinhas), sugeriu:

7) Chão de peixes

Lúcia Hiratsuka, Pequena Zahar

Lúcia faz poesia com palavras e também com desenhos. Com a técnica do sumiê, ela mostra cada “personagem” do planeta Terra com uma leveza e força extremas. Livro lindo para ganhar ou dar de presente.

 

8) Tudo muda

Anthony Browne, Pequena Zahar

Tudo muda é um dos livros mais instigantes e que nos faz pensar nas mudanças que acontecem dentro e também fora – ou independente – de nós. É belo, e cada leitura dele é muito instigante e cativante.

 

9) Bárbaro

Renato Moriconi, Companhia das Letrinhas

Outro livro inesquecível que sempre recomendo. Renato Moriconi sabe nos surpreender a cada página e, principalmente, no final do livro. Bárbaro é mesmo bárbaro e é leitura prazerosa garantida para todas as idades.

JANUÁRIA CRISTINA ALVES

pesquisadora do folclore e autora de Heróis e heroínas do cordel (Companhia das Letrinhas):

10) O dia em que meu prédio deu no pé

Estevão Azevedo e Rômolo D’Hipólito, Companhia das Letrinhas

Umas das ideias mais originais dos últimos tempos! Narrativa envolvente e criativa, pra gente se divertir e pensar!

 

11) Os invisíveis

Tino Freitas e Odilon Moraes, Companhia das Letrinhas

Um dos grandes lançamentos da literatura infantojuvenil desse ano. Uma história sensível e delicada, para leitores de todas as idades!

 

12) As roupas novas dos reis

José Roberto Torero, Marcus Aurelius Pimenta e Daniel Araújo, Companhia das Letrinhas

Mais um livro de recontos criativos e divertidos da dupla Torero e Pimenta. Para a leitura de férias!

 

LAURABEATRIZ

ilustradora da coleção Brasileirinhos (Companhia das Letrinhas) e do livro A poesia pede a palavra (Escarlate), entre outros títulos:

13) Apertada e sem espaço

Julia Donaldson, com ilustrações de Axel Scheffler, Brinque-Book

Além de ser uma ótima fábula, é ilustrada por Axel Scheffler, um artista que eu adoro!

 

14) Gildo

Silvana Rando, Brinque-Book

Ele é um elefantinho muito simpático, gosto de todos os livros da série.

 

 

15) O homem que amava caixas

Stephen Michael King, Brinque-Book

É uma história filosófica e amorosa.

 

 

SILVANA SALERNO

autora de Qual é seu norte? (Companhia das Letrinhas) e São Paulo: a aldeia que virou metrópole (Escarlate), um dos melhores livros de 2021 pela revista Quatro Cinco Um.

16) O quintal da minha casa

Fernando Nuno, com ilustrações de Bruno Nunes, Companhia das Letrinhas

Com poesia e criatividade, este livro incentiva a criança a tomar consciência do mundo natural e das questões ambientais. O livro destaca o poder da imaginação e a interação com a natureza.  Com ilustrações belíssimas de Bruno Nunes.

17) O crocodilo que não gostava de água

Gemma Merino, Brinque-Book

O crocodilo tinha seis irmãos, todos se divertiam na água, menos ele. Não tinha coragem de entrar. E estava quietinho no seu canto, quando algo começou a acontecer. Cócegas no nariz até que um ATCHIMMM cheio de fogo aconteceu. Este crocodilo era um dragão! E a história continua…

18) Quem matou o saci?

Alexandre de Castro Gomes, com ilustrações de Cris Alhadeff, Escarlate

De forma bem-humorada, o autor e a ilustradora criam uma história de detetive instigante, ao mesmo tempo em que levam o leitor a fazer um passeio pelo folclore brasileiro.

 

MARCIA CRISTINA SILVA

autora de O lugar do meu amigo, da Escarlate, recomendou:

19) Espelho

Suzy Lee, Companhia das Letrinhas

Pra mim é o melhor livro desta autora, que rompe limites entre as páginas, entre o eu e o outro, entre o real e a imaginação.

 

20) Os invisíveis

Tino Freitas e Odilon Moraes, Companhia das Letrinhas

Um livro em que texto e imagem geram várias camadas de leitura, que se revelam à medida em que o leitor se predispõe a enxergar com os olhos da infância.

 

21) A velhinha que dava nome às coisas

Cynthia  Rylant, com ilustrações de Kathryn Brown, Brinque-Book

Um livro aparentemente simples, que tenta nomear nossos vazios e acaba por identificar a grandeza dos encontros.

 

RENATO MORICONI

premiado autor e ilustrador de Uma planta muito faminta e Bárbaro (ambos pela Companhia das Letrinhas) indicou os livros que “adoramos aqui em casa”:

22) Leocádio, o leão que mandava bala

Shel Silverstein, Companhia das Letrinhas

“Um dos livros da minha vida”.

 

 

23) Três desejos para o senhor Pug

Sebastian Meschenmoser, Companhia das Letrinhas

“Um estandarte contra a fofura nos livros infantis”.

 

 

24) A história da Terra 100 palavras

Gilles Eduar e Maria Guimarães, Companhia das Letrinhas

“Pra molecada amar a ciência”.

 

 

KÁTIA CANTON

autora de A cozinha encantada dos contos de fadas e Fabriqueta de ideias

25) Vira-lata

Stephen Michael King, Brinque-Book

Meu favorito de todos os tempos da Brinque-Book. Amo o Stephen Michael King. Acho de uma delicadeza e humanidade extremas. Inclusive adotei uma vira-lata e sou muito feliz com isso.

 

26) Os invisíveis

Tino Freitas e Odilon Moraes, Companhia das Letrinhas

Esse olhar para aqueles que nos escapam e que são excluídos do protagonismo da vida capitalista neoliberal é urgente! Junto com Vira-lata, Os invisíveis fala dos pequeninos, dos esquecidos, da beleza do resgate da pequenas histórias… isso é tudo o mais precisamos hoje.

 

27) Lina

Ángela Léon, Pequena Zahar

Adoro esse livro. Desde pequena, graças ao meu pai, arquiteto, Lina Bo Bardi foi pra mim uma musa e uma referência. Não apenas como arquiteta, mas como desenhista, aquarelista, criadora multidisciplinar, apaixonada pela arte popular, pelos desenhos das crianças, enxergando sofisticação na simplicidade. Lina foi também um exemplo de mulher feminista.

///

E você? Que livros vai dar neste fim de ano?

 

 


Sem comentários no momento

Editora Schwarcz S.A. - São Paulo
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP