Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

Como funciona o Prêmio Jabuti e quais livros infantis já ganharam a distinção?

03/12/2021

Você já deve ter ouvido falar em uma das premiações mais importantes da Literatura, mas sabe como funciona o Prêmio Jabuti? Conhece os livros infantis que já ganharam? E, sobretudo, sabe como esse tipo de distinção pode ajudar você a escolher melhores livros para as crianças?

Como funciona o Jabuti GildoGildo, o elefante mais querido – e corajoso – da literatura para crianças também já ganhou o Jabuti. Imagem: Gildo, de Silvana Rando

Neste post, vamos falar sobre tudo isso:

  • Como funciona o Prêmio Jabuti;
  • Quais livros e autores da Brinque-Book (e do Grupo Companhia das Letras, do qual a Brinque faz parte) já ganharam recentemente essa premiação.

O Prêmio Jabuti de 2021 foi divulgado recentemente.

Por que estamos falando de Prêmio Jabuti?

E nós, que amamos livros infantis,  tivemos duas ótimas notícias; por isso, trouxemos esse tema para o Blog da Brinque, lembrando que já falamos sobre isso em outros posts, como esse:

Jabuti: conheça livros e autores incríveis que já levaram esse prêmio

Como funciona o Prêmio Jabuti OBBazOs livros para crianças brilharam no Jabuti de 2021. Imagem: Obax, de André Neves, que levou a premiação em 2010

O anúncio dos vencedores da 63.a edição do Jabuti foi feito em 26 de novembro e o livro infantil foi o grande vencedor. As ótimas notícias?

1) Guilherme Karsten ganhou o primeiro lugar em Ilustração com seu livro Carona

A primeira boa notícia é o reconhecimento merecidíssimo do ilustrador Guilherme Karsten, com seu (ótimo) livro Carona (Companhia das Letrinhas, nosso selo-irmão, também do Grupo Companhia das Letras).

Além desse livro super bacana — e divertido –, que levou o primeiro lugar na categoria Ilustração, Karsten também assina parte das ilustrações do Era uma vez 20 (Escarlate).

2) Um livro infantil levou o Jabuti de Livro do Ano

O Jabuti premia os primeiros lugares de cada categoria e, além disso, elege um livro do ano. Em 2021, a obra que levou essa distinção foi Sagatrissuinorana (OZé Editora), de João Luis Guimarães e Nelson Cruz. Não é a primeira vez que isso acontece, mas sempre sempre vale comemorar — e muito! — os livros para infância sendo lidos e reconhecidos como Literatura, assim mesmo, com “L” maiúsculo.

Quem lê os livros para os pequenos sabe que de livrinho eles não têm nada.

Como funciona o Prêmio Jabuti

O Jabuti é um prêmio da Câmara Brasileira do Livro (CDL), que existe desde 1958! São 63 anos consagrando autores e ilustradores — não só de livros infantis, claro — nesta que é uma das mais tradicionais premiações da literatura brasileira.

As editoras, os autores, ilustradores e outros profissionais do livro podem inscrever as obras publicadas no ano anterior que desejam ver avaliadas pelo júri.

Isso quer dizer que os livros avaliados em 2021 — e os finalistas e grandes vencedores — foram todos publicados em 2020.

Cada categoria é avaliada por três jurados especialistas, que vão definir 13 livros com maior nota. “A partir da compatibilização das notas dos treze livros selecionados por jurado(a), serão selecionados dez títulos com maior média, que constituirão a lista de pré-finalistas de cada categoria”, explica o texto publicado no site da premiação.

Dessa lista, saem os cinco mais votados e, dentre esses, os jurados votam novamente. A partir da compatibilização das listas dos jurados, a obra de maior pontuação leva o Jabuti na sua categoria.

Todos os jurados podem ser conhecidos aqui, mas eis alguns nomes: a Flávia Scherner, do canal Fafá Conta; Julie Dorrico e Jim Anotsu.

30 livros que já ganharam o Prêmio Jabuti

Vamos conhecer 30 livros dos selos infantis do Grupo Companhia que já levaram o Jabuti? Dos mais recentes a alguns clássicos, com categorias que mudaram com o passar dos anos, a lista é composta por histórias de qualidade que merecem entrar para a estante de uma criança querida!

2021 / Categoria: Ilustração

 

Carona, de Guilherme Karsten, Companhia das Letrinhas

Neste conto acumulativo cheio de humor, os caroneiros mais divertidos vão embarcar no carrinho de um surfista que queria pegar uma onda – será que ele vai conseguir?

LEIA MAIS: Autor de Carona, Guilherme Karsten fala sobre seu Jabuti 2021 de Ilustração

2020 / Categoria: Infantil

 

Da minha janela, de Otávio Júnior e Vanina Starkoff, Companhia das Letrinhas

Um texto poético e vibrante sobre a vida em uma favela, que desfila pela janela de uma criança.

LEIA MAIS: Otávio Júnior, premiado com o Jabuti em 2020, lança livro infantil sobre o passinho

Capa do livro infantil premiado com o jabuti em 2020

2019 /Categoria: Ilustração

 

Chão de peixes, de Lúcia Hiratsuka, Pequena Zahar

Inspirada nos haicais japoneses, a autora convida os leitores a um novo olhar, cheio de poesia, para a natureza que nos cerca: são riscos que formam peixes, chão que vira mar, lagartixa que vira lua.

Livro infantil vencedor da categoria Ilustração do Jabuti em 2019

2016 /Categoria: Infantil

 

1º lugar | Inês, de Roger Mello e Mariana Massarani, Companhia das Letrinhas

Em 2016, o Jabuti ainda premiava os três primeiros colocados em cada categoria. O primeiro lugar ficou com a maravilhosa história de Inês, a rainha de Portugal que foi coroada depois de morta, pelo ponto de vista de sua filha Beatriz.

Livro infantil de Roger Mello premiado com o Jabuti

2º lugar | Lá e aqui, de Carolina Moreyra e Odilon Moraes, Pequena Zahar

Em segundo lugar, este livro encantador sobre um tema difícil como a separação dos pais, pelo olhar da criança que passa a ter duas casas.

Segundo lugar na categoria Infantil do Prêmio Jabuti

2015 / Categoria: Infantil

 

3º lugar | A raiva, de Blandina Franco e José Carlos Lollo, Pequena Zahar

Aquela raivinha à toa que pode virar um monstro dentro de cada um nós é o personagem deste livro, que nomeia e localiza de um jeito divertido esse sentimento para as crianças.

Blandina Franco ganha Jabuti por seu livro infantil sobre o sentimento da raiva

2014 / Categoria: Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil

 

1º lugar | Bárbaro, de Renato Moriconi, Companhia das Letrinhas

Um livro-imagem que mostra, com sua materialidade, os lugares bravios e espetaculares por onde se aventura uma criança em sua imaginação.

Livro infantil magistral de Moriconi vence o Jabuti em 2014

 

2012 / Categoria: Ilustração

 

2º lugar | Água sim, de Eucanaã Ferraz e Andrés Sandoval, Companhia das Letrinhas

Um poema ilustrado sobre os estados e os lugares da água, no mundo e nossa vida.

Poema ilustrado que virou livro infantil é premiado com Jabuti na categoria Ilustração

 

2011 / Categoria: Infantil

 

1º lugar | Obax, de André Neves, Brinque-Book

Uma garotinha cheia de imaginação vive as histórias mais fantásticas na savana africana, mas nem todo mundo acredita nela.

André Neves leva o Jabuti de livro Infantil com 'Obax' em 2011

 

Categoria: Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil

 

1º lugar | Gildo, de Silvana Rando, Brinque-Book

2º lugar | Obax, de André Neves, Brinque-Book

Já faz dez anos que o elefante mais famoso da literatura infantil brasileira ganhou seu Jabuti, seguido de Obax, que levou logo dois no mesmo ano!

Sivana Rando ganaha o Jabuti de Ilustração com o livro infantil 'Gildo em 2011'

 

2010 / Categoria: Infantil

 

2º lugar | Carvoeirinhos, de Roger Mello, Companhia das Letrinhas

Roger Mello, mais uma vez premiado com o Jabuti, mostra a realidade aterradora de meninos que trabalham em uma carvoaria, por meio de um narrador incomum: um marimbondo que faz seu ninho por ali.

Mais um livro infantil de Roger Mello ganha o Jabuti, em 2010

 

3º lugar | A visita dos 10 monstrinhos, de Angela-Lago, Companhia das Letrinhas

Angela-Lago é premiada com um livro rimado que ensina a contar com divertidos os monstrinhos que vão chegando à história.

A premiada Angela-Lago vence mais um Jabuti com livro infantil

 

2009 / Categoria: Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil

 

2º lugar | De passagem, de Marcelo Cipis, Companhia das Letrinhas

Neste livro-imagem, um personagem de terno preto vai passando pelas páginas por caminhos tortuosos. Ele sobe, desce, cai e até tromba com personagens clássicos de histórias infantis.

Marcelo Cipis é premiado com o Jabuti de Ilustração em 2009

 

2008 / Livro do Ano

O menino que vendia palavras, de Ignácio de Loyola Brandão, Companhia das Letrinhas

Baseado em fatos da sua infância, o autor conta a história de um menino que aprendeu com o pai a amar os livros e as palavras, e passou a negociar o significado delas com amigos.

Loyola Brandão ganhou Jabuti em 2008 com livro infantil

 

Categoria: Infantil

 

3º lugar | Zubair e os labirintos, de Roger Mello, Companhia das Letrinhas

Neste livro-brinquedo original e divertido, em meio à Guerra do Iraque, um menino encontra um objeto saqueado e entra nos labirintos do tempo para a Mesopotâmia.

Mais um livro infantil de Roger Mello é consagrado com o Jabuti em 2008

 

2007 / Categoria: Infantil

1º lugar | Lampião & Lancelote, de Fernando Vilela, Pequena Zahar

O encontro épico mais célebre do livro ilustrado nacional, entre o rei do cangaço e o mais famoso cavaleiro da Távola Redonda, levou o primeiro lugar nas categorias Infantil e Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil e o segundo na categoria Capa. Publicado pela CosacNaify, Lampião & Lancelote agora é da Pequena Zahar.

Livro infantil de Fernando Vilela ganha 3 Jabutis em 2007

 

2º lugar | João por um fio, de Roger Mello, Companhia das Letrinhas

Em mais um livro de Roger Mello premiado, a história dos medos e sonhos de um filho de pescador, com ilustrações inspiradas nas tramas dos bordados brasileiros.

Outro livro infantil de Roger Mello ganha o Jabuti

 

2005 / Categoria: Infantil

 

1º lugar | Muito capeta, de Angela-Lago, Companhia das Letrinhas

Angela-Lago conta para as crianças algumas de suas histórias orais favoritas sobre o diabo, misturando pesquisa e memórias.

Livro infantil sobre o capeta leva o Jabuti

 

2003 / Livro do ano

 

Bichos que existem & bichos que não existem, de Arthur Nestrovski e Maria Eugênia, Companhia das Letrinhas

Publicado originalmente pela CosacNaify, este livro reúne bichos lendários, folclóricos ou da vida real, com o texto divertido e perspicaz de Arthur Nestrovski (que também é o diretor artístico da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a Osesp). O autor garante, porém, que todos eles existem, seja nos livros ou na cabeça da gente.

Em 2003, Livro do Ano do Jabuti foi um infantil

 

Categoria: Ilustração Infantil ou Juvenil

Vizinho, vizinha, de Mariana Massarani, Graça Lima e Roger Mello, Companhia das Letrinhas

Em seu apartamento, o vizinho molha as plantas vestido de escafandro; em seu apartamento, a vizinha cuida de um rinoceronte. Entre eles, o corredor, onde se encontram uma vez por dia. Um dia, a sobrinha dele e o neto dela misturam todos os limites impostos pelas paredes desse andar, nesse livro ilustrado divertido e original.

Livro infantil ganha Jabuti em Ilustração

 

Chapeuzinho Vermelho e outros contos por imagem, de Rui de Oliveira, Companhia das Letrinhas

As histórias de Chapeuzinho Vermelho, João e Maria e Barba-Azul contadas pelas ilustrações magistrais de Rui de Oliveira, que resgata elementos mais brutais das versões antigas desses contos.

Livro infantil de Rui de Oliveira leva o Jabuti em 2003

 

2002 / Categorias: Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil | Infantil ou Juvenil

Meninos do mangue, de Roger Mello, Companhia das Letrinhas

Os dois primeiros Jabutis de Roger Mello foram para este livro que, como os outros do autor, também tem um ponto de vista narrativo diferente. Aqui, a Preguiça tem que contar oito histórias (uma para cada pata do caranguejo que a Sorte pegou) dos bichos, das plantas e da gente que vive no mangue.

Livro infantil de Roger Mello ganha dois Jabutis em 2002

 

2001 / Categoria: Infantil ou Juvenil

De cabeça para baixo, de Ricardo Cunha Lima e Gian Calvi, Companhia das Letrinhas

Um livro de poemas que também é um manual para aprender sobre, ler e escrever poesia: uma grande e divertida brincadeira com a linguagem e com as palavras, que permitem novas formas de  linguagem de uma maneira extremamente lúdica, brincando com as palavras e com as formas de ver o mundo.

Jabuti vai para livro livro infantil de Ricardo da Cunha Lima em 2001

 

2000 / Categoria: Infantil ou Juvenil

A revolta das palavras, uma fábula moderna, de José Paulo Paes e Angela-Lago, Companhia das Letrinhas

Um dos principais poetas brasileiros, José Paulo Paes conta a história do dia em que as palavras se revoltaram com o fato de serem mal utilizadas. Para completar, as ilustrações são de Angela-Lago.

Segundo Jabuti de José Paulo Paes por livro infantil

 

1999 / Categoria: Infantil ou Juvenil

A outra enciclopédia canina, de Ricardo Azevedo, Companhia das Letrinhas

Ricardo Azevedo faz um divertido compêndio de psicologia canina, mostrando qual é o jeitão de cada raça dos nossos grandes companheiros.

Ricardo Azevedo ganha o Jabuti com livro infantil sobre cães

 

1998 / Categoria: Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil

A menina, a gaiola, bicicleta | Céu de passarinhos, de Rubem Alves e Carlos Brandão, Companhia das Letrinhas

Sobre desenhos do artista plástico mineiro Demóstenes, os artistas da família Dumont fizeram os bordados que ilustram as duas histórias deste livro lindo (que está fora de catálogo).

Livro infantil ilustrado com bordados da família Dumont leva o Jabuti em 1998

 

Categoria: Infantil ou Juvenil

 

Minhas memórias de Lobato, de Luciana Sandroni e Laerte, Companhia das Letrinhas

Uma divertida biografia de Lobato para crianças, escrita por ninguém menos que Emília e o Visconde de Sabugosa.

Biografia de Lobato para público infantil leva Jabuti em 1998

 

1994 / Categoria: Ilustração

A saga de Siegfried, de Tatiana Belinky e Odilon Moraes, Companhia das Letrinhas

Tatiana Belinky traz uma conhecida epopeia germânica do século 13 para as crianças, com ilustrações de Odilon Moraes.

Tatiana Beliky faz livro sobre saga germânica medieval para público infantil e leva o Jabuti em 1994

 

1993 / Categoria: Melhor Produção Editorial Infantil

Uma letra puxa a outra, de José Paulo Paes, Companhia das Letrinhas

Cada letra do alfabeto ganha uma quadrinha cheia de rima e ritmo, neste que foi um dos primeiros livros do catálogo da Companhia das Letrinhas.

José Paulo Paes é premiado com o Jabuti por livro infantil em 1993

///

E você? Que livros conhece dessa lista?

 


Sem comentários no momento

Editora Schwarcz S.A. - São Paulo
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP