Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

Feliz 2020! Dois livros para começar o ano com empatia e valorizando a diferença

06/01/2020

O Ano Novo começa trazendo aquele otimismo e a vontade de se renovar, fazer diferente, fazer melhor. Quais são os seus desafios pessoais para 2020? Já fez a lista?

Nós já fizemos a nossa, pensando em desafios coletivos. Sustentabilidade, diversidade, acesso, empatia, respeito, diálogo, igualdades (no plural mesmo) ainda são os temas que parecem mais importantes para nossa sociedade avançar.

Ilustração de Mustafá, por Marie-Louise Gay

São temas duros, difíceis, mas que podem ser enfrentados com ajuda das artes e da incrível sensibilidade de que nós, humanos, somos capazes.

Para abrir o ano, então, escolhemos dois livros que tematizam exatamente esses desafios, cada um a seu modo, cada um para um faixa etária.

Tratam sobre diversidade e empatia, uma para crianças menores, outra para os maiorzinhos — a partir de 8 anos.

Além do tema, os livros têm em comum a qualidade: um deles é premiado e os dois foram selecionados pelo Listão da revista especializada Quatro cinco um, em outubro.

///

Mustafá

Autora / Ilustradora: Marie-Louise Gay
Tradutora: Gilda de Aquino
Temas: Solidariedade / Amizade / Empatia / Resiliência / Relacionamento Familiar / Imigração / Refugiados
Faixa Etária: A partir de 3 anos (leitura compartilhada) / A partir de 7 anos (leitura independente)

Um garoto é obrigado a sair de seu país com a família e emigrar para terras distantes e diferentes. Em seu novo lar, ele vai, aos poucos, reconhecendo-se e reconhecendo muitas coisas conhecidas ao mesmo tempo em que descobre novas. A Lua, as estações, as flores, os insetos e a música desse lugar ora lhe lembram a sua antiga terra, ora o encantam pelo que têm de diferente do que ele já conhece. Mas o maior desafio mesmo é deixar de sentir-se invisível aos olhos — e aos ouvidos — das outras crianças, que sequer falam sua língua.

>>POR QUE LER: De forma delicada — e com os traços e cores da premiada artista canadense Marie-Louise Gay, da série Estela –, esse livro mostra os desafios dos refugiados, mesmo daqueles que são aceitos em sua nova morada. A obra nos faz refletir também sobre a linguagem e sobre o poder do acolhimento e da empatia, que vencem até a barreira de língua.

///

O homem de lata

Autor: Edson Lopes
Ilustração de capa: Cris Alhadeff
Temas: Amizade / Empatia / Relacionamento / Imigração / Diversidade / Tecnologia / Futuro
Faixa etária: a partir de 8 anos

Ganhador do prêmio João de Barros em 2016, conta a história de um robô que aterrissa no sertão pensando estar em Marte. Lá, conhece o menino Sabiá, de quem se torna amigo. Bastante original, a obra une o universo do sertão ao da ficção científica e leva os jovens leitores a uma viagem por diferentes emoções e pontos de vista.

>>POR QUE LER: Narrado por uma voz que compreende o dia a dia da família sertaneja, assim como a surpresa do homem de lata, o livro instiga e emociona. Traz questionamentos importantes sobre a tecnologia — até que ponto vai nos ajudar a viver melhor? — de um modo que envolve os jovens leitores. E coloca também questões sensíveis sobre desigualdade, acesso ao conhecimento e aos bens imateriais e, claro, amizade e empatia.

///

E você? Com quais livros começou o ano?

 


Sem comentários no momento

Grupo Brinque-Book
Rua Mourato Coelho, 1215 - Vila Madalena
São Paulo - CEP 05417-012 - SP