Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

A inacreditável história dos dinossauros contada por Guido van Genechten

30/04/2020

Ele já nos encantou com o clássico O que tem dentro da sua fralda?, premiado pela revista Crescer em 2011!

Também já nos fez rir com Apertado, ganhador do selo Acervo Básico, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) em 2018.

Ah, assustou e divertiu muitos de nós com Este livro está cheio de monstros. Isso para relembrar apenas de alguns sucessos desse autor belga tão amado e incrível.

A inacreditável, mas verdadeira, história

Pois bem. Agora, Guido, com seus traços e humor deliciosos e conhecidos, vem nos contar mais sobre os dinossauros, esses seres tão misteriosos — e até talvez por isso — tão amados pelas crianças.

Será que foram mesmo mesmo completamente extintos e nada restou deles por aí?

Uma “simples” galinha vai nos convencer de que não nas páginas de A inacreditável, porém verdadeira, história dos dinossauros.

Olhe meu pé de dinossauro, diz a galinha. Será? Imagem: A inacreditável, porém verdadeira, história dos dinossauros, de Guido van Genechten

Álbum divertido de família

É na voz dessa galinha que Guido coloca as informações sobre como eram e como viviam algumas espécies de dinos e quais dessas características sobreviveram até os dias de hoje.

O autor usa, para isso, o humor e as ilustrações como recursos narrativos!

A obra já começa com o narrador questionando a galinha: “ei, com licença, por acaso você não está na história errada?”

Afinal, o que uma galinha está fazendo num livro sobre dinossauros? 😉 Nas páginas seguintes, vamos descobrir por que é ela quem narra essa inacreditável, porém verdadeira, saga dos dinossauros.

O humor aparece também, dessa vez ao lado das ilustras, na forma como a narrativa se desenvolve e vai sendo contada por “álbuns de família”.

É neles que a galinha vai demonstrar o parentesco dela com diversas espécies de dinossauros.

Se os dinossauros são da família, nada melhor que mostrar um álbum! Imagem: A inacreditável, porém verdadeira, história dos dinossauros, de Guido van Genechten

A cada página do álbum, descobrimos uma espécie diferente e o que ela tem em comum com o nosso gallus gallus domesticus.

Isso de uma forma leve e muito divertida, que nos faz querer virar a página e saber o que, afinal, uma galinha pode ter “herdado” de um tiranossauro ou talvez de um velociraptor, seus “parentes” antigos.

Por exemplo, sabia que os estegossauros também cacarejavam ao botar ovos? Está lá, no álbum da família galinha 🙂

O final não decepciona o leitor que busca diversão: é surpreendente!

Será que vai nascer uma galinha ou um triceratope? Imagem: A inacreditável, porém verdadeira, história dos dinossauros, de Guido van Genechten

Memórias e ciência

Essa obra divertidíssima de ler pode ir muito além da leitura — como toda boa literatura. Veja algumas dicas de como “brincar” esse livro depois da leitura com as crianças.

1) Resgate os seus álbuns

Você deve ter em casa algumas fotos antigas de família, álbuns de infância. Que tal mostrar para seus pequenos?

Contar quem são as pessoas que aparecem na foto? Seus filhos sabem como funcionava uma foto analógica? 😉

Conte as histórias dos seus antepassados, seus nomes, o que faziam… Quem era mesmo aquela tia-avó? O que ela fazia de engraçado que seu pai sempre te contava?

2) Monte um scrapbook

Sabe aqueles diários caprichados com fotos e textos, os scrapbooks? Você pode sugerir às crianças montar um juntos. Que tal?

Podem resgatar fotos impressas de vocês e criar uma narrativa a partir delas. Podem também desenhar memórias da família: aquela viagem, o dia em que viram a avó antes da quarentena, uma tarde gostosa tomando sol na varanda…

3) Igual, mas diferente

A galinha da história começa dizendo que ela tem “pés de dinossauro”, revelando uma das semelhanças de uma ave atual com uma espécie extinta — no caso, o velociraptor.

Pegue uma foto sua de quando era criança: o que seus filhos e você têm em comum? Eles conseguem encontrar essas características? E se vocês investigarem outras similaridades?

Os pés dos seus filhos “são de quem”? O nariz parece o do avô? E os olhos, lembram os daquele primo distante?

4) Indícios dinossáuricos

Se as crianças se interessam pelo tema dos dinos, vale a pena brincar com elas e deixar rolar solta a imaginação! Que tal esconder um “ovo de dinossauro” pela casa para que elas achem? O ovo pode ser feito até com meias!

Ou você até pode inventar um dino “novo” e pedir para as crianças desenharem essa “nova descoberta”. Que nome teria um dino encontrado numa escavação aí na sua casa? E como seria o dino criado pelas crianças? Que tal vocês criarem um inventário de dinos, listando todos os criados pela família?

5) Traga mais dinos!

Você pode também trazer ainda mais informações científicas sobre os dinossauros. A revista CHC — Ciência Hoje das Crianças, por exemplo, tem diversas reportagens bacanas sobre esse tema. E, uma em especial, fala justamente sobre a descoberta de mais um dino com penas, como nossas aves atuais.

Outros livros para aprender

Sucesso essa mistura de humor, literatura e informação, não é mesmo? Os pequenos adoram descobrir — e fazem de muitas formas, inclusive através da arte também 😉

Separamos alguns livros que são deliciosamente informativos — e muito literários — para embarcar numa jornada de aprendizagem com os pequenos, sem deixar de lado o prazer, a fruição, a poesia 😉

INSETOS
Olha que eu viro bicho… de jardim!

Autor: Lalau
Ilustradora: Laurabeatriz
Temas: Poesia / Rimas / Meio ambiente / Inseto / Curiosidades / Brincadeiras
Faixa Etária: A partir de 2 anos

Lalau e Laurabeatriz, dupla com 25 anos de literatura juntos, bolou uma obra delicada, cheia de informação e poesia. Aqui, eles contam sobre a vida e as características de vários insetos do dia a dia.

>>POR QUE LER: Aqui, os autores nos contam sobre os bichinhos mais miúdos, que as crianças adoram, de duas formas: texto informativo e uma gostosa poesia! Ganhou selo Seleção Cátedra 10, da UNESCO.

///

BRASILEIROS JURÁSSICOS
Dino e Saura

Autor: Fernando Vilela
Ilustrador: Fernando Vilela
Temas: Dinossauros / Amizade / Respeito às diferenças / Amor / Solidariedade / Pluralidade cultural
Faixa Etária: A partir de 3 anos

O premiado artista Fernando Vilela narra aqui uma história de amizade e tolerância que se passa com dois jurássicos amigos: Dino e Saura 😉

>>POR QUE LER: Além de conferir a sofisticada técnica do ilustrador, nós leitores ganhamos uma outra surpresa: todos os dinos que aparecem no livro são do Brasil!

Olha que massa! Já ouviu falar do Abelissauro? E do Oxalaia? Estão todos aqui. No final do livro, há um glossário informativo contando como eram essas feras e onde eles viviam no nosso país.

///

BANG!
Como eu cheguei aqui?

Autor: Philip Bunting
Tradutor: Gilda de Aquino
Temas: Teoria Big Bang / Origem do universo / Identidade / Evolução das espécies / Cidadania / Responsabilidade / Respeito às diferenças / Humor
Faixa Etária: A partir de 4 anos (leitura compartilhada) ou 6 anos (leitura independente)

O tema desse livro, lançamento da Brinque-Book, é a origem do universo e da via na Terra, de acordo com as mais recentes teorias científicas.

>>POR QUE LER: Uma obra de ciência que trata com muito bom humor — e do ponto de vista das crianças — esses temas que parecem difíceis, mas que estão entre os que geram mais perguntas e curiosidades entre a criançada.

///

E você? Vem nos contar se essas dicas ajudaram a viver um momento delícia em família, repleto de dinos  e gallus 😉

 

 


Sem comentários no momento

Grupo Brinque-Book
Rua Mourato Coelho, 1215 - Vila Madalena
São Paulo - CEP 05417-012 - SP