Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

Cinco curiosidades curiosas sobre a Índia para os jovens leitores

01/10/2021

A curiosidade é uma das qualidades mais importantes da infância – e na vida! Os pequenos gostam de saber sobre o mundo e compreender seu funcionamento, desde uma folhinha ao vento até as complexas relações humanas.

A interessantíssima Índia

Assim como há temas que suscitam mais perguntas, há objetos, histórias, situações e até mesmo países que também são fontes inesgotáveis de perguntas e respostas.

curiosidades sobre a ÍndiaPilar, Breno e a amiga indiana Kamala numa festa na cidade de Rishikesh, que até osBeatles conheceram. Imagem: Diário de Pilar na Índia, de Flávia Lins e Silva, com ilustrações de Joana Penna

É o caso da Índia, por exemplo, que é fascinante em muitos aspectos: culturais, religiosos, históricos, geográficos, nos costumes.

Inspirados pelo lançamento Diário de Pilar na Índia, da Pequena Zahar, selo que faz parte do mesmo grupo editorial da Brinque-Book, trouxemos algumas curiosidades desse país que a Pilar mesma registrou em seu diário, frutos da pesquisa da autora, Flávia Lins e Silva.

Cinco curiosidades que os leitores vão adorar saber sobre a Índia

Os jovens leitores, que estão passando por transformações e descobertas bem parecidas com as de Pilar, vão adorar saber!!

1) os idiomas falados na Índia

O segundo país mais populoso do mundo (1 bilhão e 300 milhões de habitantes! O Brasil, para a gente comparar, tem população de 200 milhões) é também um dos que têm maior diversidade de idioma.

São 22 idiomas oficiais, incluindo o hindu e o inglês, já que a Índia foi colônia da Inglaterra até 1947.

Mas o surpreendente mesmo é que há mais de 100 outros idiomas não-oficiais por lá! Acredita?

///

2) o maior poema épico de todos os tempos

No Ocidente, estamos acostumados a ouvir falar – e às vezes ler, rs! – poemas épicos gigantescos como Ilíada ou Odisseia, ambos atribuídos ao grego Homero.

Mas a Índia não fica atrás nesta arte de transformar histórias da tradição oral em grandes poemas épicos, que passam de geração em geração.

É o caso do livro Mahabharata, cuja autoria é atribuída ao sábio Vyasa. Para você ter uma ideia do tamanho dessa obra colossal, tem mais de 100 mil versos em sânscrito, uma língua antiga daquela região.

Ele fala sobre várias coisas, incluindo os mitos e heróis da cultura indiana e hindu.

///

3) a origem mitológica do rio Ganges

O famoso rio Ganges nasce na gelada cordilheira do Himalaia, onde fica o igualmente famoso Everest, certo?

Mais ou menos. Para os hindus, essa é parte da explicação. Há outra, filosófica, metafórica e religiosa, falando sobre a existência do rio.

Segundo Pilar conta em seu Diário de Pilar na Índia, o Ganges é “filho” de Ma Ganga (mãe Ganga). Ganga é filha do deus da neve e dos Himalaias, chamado Himavan.

Ma Ganga um dia desceu dos céus, na forma de um grande rio, e tocou as cinzas dos filhos do rei Sagara, que haviam morrido. Os dois transformaram-se em luz e subiram aos céus. Por isso, ainda hoje, muita gente se banha no Ganges em busca da iluminação.

///

4) a cidade iluminada de Rishikesh

Sabe a yoga? Pois bem, nasceu aqui, em Rishikesh!

A cidade fica aos pés dos Himalaias, na beira do rio Ganges, e é repleta de ashrams, locais onde as pessoas praticam yoga e cuidam do corpo e da mente também.

Essa é uma cidade sagrada para os hindus e ficou famosa  no mundo pop porque, nos anos 1960, recebeu uma visita para lá de ilustre: os Beatles!

///

5) o chai das cinco

Você já deve ter ouvido falar em chai, não é mesmo? Chai nada mais é que chá, que os indianos adoram! O que nós geralmente chamamos de chai é, na Índia, o masala chai, ou chá picante, uma receita indiana ou tailandesa (não se sabe ao certo onde surgiu), mas que tem nada menos que entre 5 mil e 9 mil anos!

É um chá repleto de especiarias, como cardamomo, anis, gengibre e cravo. A receita original era feita só com a infusão dessas especiarias. Nos anos 1800, quando os ingleses passaram a plantar chá na Índia, o chá preto foi incorporado à bebida.

Chá é o nome que se dá à infusão das folhas das plantas Camellia sinesis: daí surgem os chás preto, verde, branco etc. Na Índia, as variedades mais comuns dessa planta das quais resultam chá preto são Assam e Darjeeling.

///

E você? Gostou dessas curiosidades? Tem muito mais no Diário de Pilar na Índia!

Livros Relacionados


Sem comentários no momento

Editora Schwarcz S.A. - São Paulo
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP