Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

#FiqueEmCasa: o que fazer com as crianças na quarentena em 7 dicas

19/03/2020

Este momento de recolhimento necessário é muito desafiador para todos nós, especialmente para as crianças: estão em casa, mas não estão em férias.

Não podem descer para brincar, não podem visitar os amigos, não podem ir aos parques, não podem dar uma voltinha para tomar um sorvete…

 

Imagem de Mãenhê, de Ilan Brenman (texto) e Guilherme Karsten (ilustrações)

O que é que pode, então?

Separamos aqui algumas dicas de atividades e brincadeiras que as crianças podem fazer — juntas ou com adultos — em casa nesse momento.

E também listamos alguns artistas, contadores, perfis nas redes sociais que estão generosamente organizando contações, brincadeiras, eventos, encontros online e muito mais. Vai ter até um festival!

Há ainda serviços de vídeo online, bibliotecas virtuais, escolas e até faculdades abrindo o acesso para os adultos aproveitarem também. Dá uma olhada:

Natureza é divertida

Dentro de casa — e do apartamento — é possível ter contato com a natureza? Claro que é!

1- Muito verde

Que tal incluir os pequenos nos cuidados diários com as plantas? A rega, a poda, a adubação… Além de ajudar, eles podem também plantar e acompanhar o desenvolvimento das plantas.

Neste post aqui, há várias dicas de como plantar com as crianças em casa. Uma delas, por exemplo, é escolher espécies que sejam fáceis de manejar e que brotem rápido, para aplacar a ansiedade dos pequenos.

Juju e a árvore da amizade, de Fabio Quinteiro

É o caso do agrião, por exemplo. A cebola também brota em casa, na água primeiro. Só depois deve ser transportada para a terra. E tem a clássica experiência do feijão cultivado num algodão úmido (que depois de brotado, também pode ir para a terra).

Uma dica bacana é estimular as crianças a registrarem cada etapa, do plantio à germinação e ao crescimento. Vale foto, texto escrito, desenhos…

2- Olha a água!

Crianças amam esse elemento, não é mesmo?

Que tal montar um espaço de exploração da água? Se você tem uma área externa em casa (quintal ou varanda), pode encher um ou duas bacias, de tamanhos diferentes entre si, e deixar potes, colheres, conchas e outros recipientes à disposição.

As crianças, especialmente as pequenas, vão amar. Elas gostam muito de fazer o que a psiquiatra e educadora italiana Maria Montessori chamava de “transferência de líquidos”, que nada mais são que deliciosas brincadeiras com a água em recipientes diversos.

Não tem quintal? Não tem problema. A transferência de líquidos pode funcionar muitíssimo bem no banheiro, na cozinha ou em qualquer área úmida da casa (com piso frio e que possa ser molhada).

Para evitar que a “molhação” se espalhe demais, você pode delimitar a área de brincadeira molhada com um tapete emborrachado, que, de quebra, já ajuda a diminuir riscos de escorregar no piso molhado.

Um pouco de água e muita imaginação! Imagem de O caracol e a baleia, de Julia Donaldson (texto) e Axel Scheffler (ilustrações)

Outra dica com água? Na mesma bacia, cheia pela metade, coloquem bichinhos de brinquedo, miniaturas, utensílios de cozinha, garrafas plásticas vazias e limpas.

Que história as crianças podem contar e inventar nesse “mar”? A garrafa pode ser um submarino? E o patinho de borracha, vira o quê?

3- Lupa, folhas, flores, insetos!

Em casa, há seres minúsculos, pequeníssimos, para os quais nem damos muito bola, mas que as crianças amam!

Com uma lupa, um lápis e um caderno, nossos filhos podem explorar folhas (pode ser até de alface!), flores caídas dos vasos, um inseto que estacionou na parede…

Depois, podem desenhar o que viram e observaram pela lente de aumento. Que tal organizar com eles essa expedição pela “floresta”?

Uma coisa vira outra

Quem é que precisa de brinquedo quando tem em casa dois potes de plástico? 😉

4- Materiais do dia a dia

O que fazer com um pedaço de tecido? Com uma tampa velha de panela? E com algumas pedrinhas?

Dê tudo isso nas mãos das crianças e… pronto! Elas saberão o que fazer!

Aqui neste post, contamos como e por que os pequenos amam utensílios, lenços, caixas, tampas. E damos dicas de várias brincadeiras exploratórias para fazer com eles, em casa.

Por mais brincadeiras que nos façam voar! Ilustração de Stephen Michael King, do livro O homem que amava caixas

Quer um exemplo? Que tal montar um espaço para seus pequenos com caixas, tecidos, gizes, cola e papéis variados? Melhor se as caixas tiverem tamanhos diferentes e se algumas forem grandes o suficientes para virar uma casa, um carro, um navio…

5- Pistas e túneis

Já pensou em usar fita adesiva e desenhar, no chão, pistas para carrinhos?

Ou, ainda, que tal recortar retângulos de cartolina usá-los para criar túneis nessas pistas iradas?

Essas duas ideias estão listadas, com outras, no perfil da artista Bruna Galliano, @brugalliano. Basta acessar a categoria “atividades” nos histories.

Pra fazer juntos!

Essas dicas só funcionam em duplas, trios, quartetos!

6- Registrando tudo

Sabe aquele caderno esquecido dentro do armário? O que sobrou do ano passado, com folhas livres? A ideia é recortar com cuidado essas folhas restantes.

E, delas, fazer um novo caderno. Vale dobrar as folhas ao meio e grampear.

Compartilhar impressões: imagem de Os tesouros de Monifa, de Sonia Rosa (texto) e Rosinha

Ou, depois de dobradas ao meio, usar um furador para fazer dois furos perto da dobra. Com um barbante, una os furos. É o que basta para um caderno artesanal.

Nesse caderno, vocês podem registrar uma espécie de diário, com as impressões de cada um. Várias vozes relatando diversos momentos.

O relato pode ser feito também em desenhos ou fotos (neste caso, se você tiver uma impressora em casa!).

7- Criando memórias!

Ficar em casa não foi uma escolha. Mas nem por isso deixa de ser uma oportunidade rica para convivermos, brincarmos, ouvirmos música, compartilharmos histórias…

Juntinhos no ninho! Ilustração de Dino e Saura, de Fernando Vilela

Dê uma olhada aqui, onde mostramos sete dicas para criar memórias com os pequenos, juntinhos, em casa!

///

E você? Conte nos comentários como está organizando rotinas e atividades das crianças — e suas — nesse momento.


Sem comentários no momento

Grupo Brinque-Book
Rua Mourato Coelho, 1215 - Vila Madalena
São Paulo - CEP 05417-012 - SP