Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

Saiba como ajudar seus filhos a arrasar no Português em cinco passos

06/11/2019

Em resumo Formar bons falantes de idiomas estrangeiros é importante, claro. Mas e quanto à nossa língua materna? Mostramos aqui que ser fluente em Português é essencial – e uma delícia! 

Os pais se preocupam cada vez mais com formar bem os filhos em idiomas estrangeiros, fundamentais para um mercado de trabalho competitivo e em constante transformação, que não obedece a fronteiras — nem geográficas nem culturais nem de língua.

Mas e a nossa língua materna, que o poeta português Fernando Pessoa uma vez definiu como nossa “pátria”? Sem dominar o Português, qualquer aprendizagem se torna mais difícil. O pensamento crítico, a capacidade de compreensão de textos e realidades, a comunicação — tão essencial — dependem diretamente da fluência no nosso próprio idioma.

Mas a tarefa de se arrasar no Português, embora complexa, não precisa ser chata. Pelo contrário. Os melhores aprendizados são aqueles que a gente faz com o coração — a memória é afetiva! –, quase sem perceber e por que quer! Separamos então cinco dicas para você ajudar seus pequenos a ficarem feras no idioma materno com muito prazer.

Todas elas têm em comum, além de uma riqueza incrível, a possibilidade de gerar conversas sobre palavras novas, construções diferentes das do cotidiano, o uso da língua, sons e ritmos. Aproveite!

1- Leia com seus filhos

 

Essa é óbvia. Mas vale muito ser relembrada. Os momentos de leitura são especiais, porque, como já disse a especialista Edi Fonseca, são “um banho de palavras” e afeto. É uma das formas mais profundas de estar com as crianças, compartilhando nossos sentimentos diante das histórias, e convidando as crianças a se apropriar das palavras.

Se pensarmos que lemos para bebês que ainda nem falam, o ato de ler se torna ainda mais especial, porque todas as palavras — e o ritmo, a força e os sentimentos que elas carregam — que falamos são aquelas com as quais estamos recebendo nossos filhos nesse mundo: a língua mãe, que lhes dará um “chão” intelectual sobre o qual florescer.

///

2- Deixe-se levar pela música

 

A língua não está apenas nos livros. Nossa música tem exemplos lindíssimos de construções literárias e poéticas incríveis, que podem encantar nossos pequenos desde sempre.

Uma letra bem escrita e bem cantada, daquelas que a gente fica, depois, cantarolando para os filhos, além de criar momentos de afeto memoráveis, vai apresentando as crianças a outras facetas do Português.

///

3- Poeme-se

 

Já que o assunto chegou nos ritmos e palavras, por que não poemas? A poesia é um dos usos mais sensíveis e belos de uma língua. Abriga sentidos profundos — que no íntimo cada um de nós compreende bem, sempre a seu jeito — e uma musicalidade para lá de atraente, especialmente para as crianças, que adoram brincar com os sons.

Vale ler poemas para crianças, mas também pode selecionar poemas originalmente escritos para adultos. Há muita poesia interessante por aí que saiu direto das mãos de artistas como Vinícius de Moraes, Olavo Bilac, Oswald de Andrade, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meirelles…

O especial é selecionar com o coração.

///

4- Use a tecnologia

 

Jogos que trabalham a língua, outros que permitem que as crianças criem suas próprias narrativas, aplicativos que contam histórias e músicas…

Há tantas opções incríveis — o rádio-aplicativo Maritaca é uma delas — que uma boa pesquisada pode render diversão e palavras à vontade.

Isso tudo usando um aparelhinho que as crianças amam: o celular (ou o tablet). Bons motivos para você permitir o uso e transformar aquelas horas de acesso às telas em momentos não apenas prazerosos, mas que tocam a sensibilidade das crianças e, de quebra, ajudam a conhecer um Português correto e bem trabalhado.

///

5- Não use tecnologia alguma…

Converse. Converse. Converse de novo. Conte suas histórias de infância. As histórias que os adultos da sua vida contavam para você. Resgate memórias, brincadeiras, jogos de palavras, cantigas de roda…

Já reparou na riqueza de rimas e ritmos das cantigas de roda e das músicas do universo infantil que, infelizmente, parecem estar sumindo? Resgate aquelas que fizeram parte do seu acervo afetivo. Quantas palavras e construções novas elas vão ensinar ao seu filho?

E quantos momentos de alegria, convivência genuína e de vínculo?

///

Ontem foi Dia Nacional da Língua Portuguesa. Para comemorar, o site da Brinque-Book selecionou histórias de autores brasileiros, escritas em bom Português, e colocou esse acervo especial em promoção.

///

E você? Que dicas dá e como a língua habita a sua casa? Conte para a gente as experiências da sua família.


Comments ( 4 )

  • Na era que vivemos hoje, compreendo a preocupação dos pais em oferecer tudo o que podem aos filhos. Sabemos a importância da língua estrangeira, recursos tecnológicos entre outros para a formação de nossas crianças e jovens.
    Amei a reflexão que vocês fizeram sobre este tema. É primordial ensinar a língua materna as nossas crianças e ensiná-las a fazer o uso social em diversos contextos.
    Ler é um hábito adquirido principalmente na infância e as famílias podem contribuir muito neste processo. O exemplo e incentivo da família, ensina os jovens leitores, por meio deste hábito, a importância deste ato, a aprimorar a construção da escrita e a gramática de nossa língua portuguesa.
    Aqui em casa, sempre tiramos um momento do dia para realizar leituras e compartilharmos nossas aprendizagens.
    Algumas dicas para as famílias interagirem com os filhos nos momentos de leitura:
    * Realizar a leitura de texto com receita e realizá-la com a criança – Livro: A galinha xadrez;
    * Leitura de poemas e brincar de fazer rima;
    * Leitura de conto de terror e conversar com a criança sobre os medos e anseios;
    * Leitura de regras de jogo e jogar com a criança.
    Minha filha desde bebê, aprendeu a importância da leitura, inclusive com vários livros da Brinque Book. Cultivou este hábito e hoje com 21 anos, realiza leituras de diversos temas e gêneros textuais.
    Agradeço a oportunidade em poder compartilhar com a Brinque Book com esta reflexão.

    Um abraço, Regiane

    Pedagoga e Especialista em Psicopedagogia, Neurociências e pós graduanda em Neuropsicopedagogia Clínica.
    Parceira e responsável pelo Instagram: @educacaoeespecialidades

    • oi, Regiane, tudo bem? Obrigada por compartilhar esse relato! Que ótimas dicas você compartilhou com a gente! Ficamos felizes! Abraços. Equipe Blog da Brinque

  • Amei as dicas. Trabalho muota poesia na escola, leio em voz alta tpdisos dias assim repertório o vocabulário das crianças. A gente ouve música tbm muitíssimas poemas musicados comonpir exemplo de Mário Quintana e Manoel de Barros entre outros

    • oi, Paula, tudo bem? E tudo isso é uma delícia, não é? Abraços. Equipe Blog da Brinque.

Grupo Brinque-Book
Rua Mourato Coelho, 1215 - Vila Madalena
São Paulo - CEP 05417-012 - SP