Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

Como escolher livros literários para a infância em 5 dicas

31/08/2020

O desafio de escolher os livros para a infância não é pequeno, você sabe. Mas pode ser delicioso!

Para ser um bom mediador

Trouxemos dicas de como selecionar — com carinho e intenção — essas obras para seus alunos – e ainda se divertir com isso!

Porque, como diz a especialista Lara Meana, para mediar literatura e apaixonar seus alunos pelos livros, é preciso estar enamorada (o) pelas obras também!

O primeiro “curador” literário da sua turma pode ser você! Capriche! Imagem: Vamos ajudar o Gildo, de Silvana Rando

Assim, a escolha passa pela leitura — a sua 😉

1. Leia


Para escolher bons livros, é preciso ser leitor (a). Leia. Leia. Leia. Leia livros de que você goste, leia por prazer, torne isso um hábito, seja o exemplo.

E leia também – e sobretudo – as obras de literatura infantil. Repare nelas: como é sua forma? Como os textos e ilustrações dialogam? Quais jogos de palavras são propostos? Como é a narrativa das imagens? Que temas trazem? Que curiosidades despertam?

///

2. Experimente literaturas

Permita-se “fuçar” nas prateleiras escondidas em bibliotecas e livrarias, descubra obras e autores, arrisque-se a ler.

E, principalmente, perceba o que esses livros causam em você! Que tipo de emoção? Que tipo de estranhamento?

Leia também resenhas de livros em revistas, sites, portais de editoras; note o que os resenhistas destacam e avaliam nas obras.
Ler é uma aventura por terras desconhecidas. Aproveite a viagem para (re) conhecer-se leitor (a).

///

3. Descubra o leitor

Escolher os livros para as crianças requer escuta atenta: que temas interessam? Que temas são necessários? Que tipo de obra desperta mais o interesse? Quais obras poderiam provocar o seu pequeno leitor e tirá-lo da zona de conforto? O que você deseja compartilhar ao escolher esse ou aquele livro?

///

4. Não subestime os pequenos leitores

Crianças são muito capazes quando o assunto é sensibilidade e imagens.

Os pequenos estão no mundo e observam suas contradições. Procure oferecer a eles obras que possam ajudá-los a compreender essas contradições pela linguagem – da palavra e da imagem.

Evite estereótipos, textos e ilustrações simplórias, que subestimam a capacidade do leitor.

///

5. Repare nas qualidades literárias

Bom livro é aquele que dura: foi tão bem construído que é repleto de camadas e, a cada leitura, nos dá uma nova perspectiva.

Para ter qualidade literária, precisa trabalhar a linguagem, o modo como conta a história. Ou seja, lapida as palavras e seu lugar nas frases, evita o óbvio, instiga, traz novo vocabulário, procura construir a narrativa de um jeito único, de uma forma singular.

O mesmo vale para a ilustração. Que enquadramentos e perspectivas propõe? Como é o traço? Que cores usa? Que surpresas e camadas reserva ao leitor? Complementa e dialoga com a história?

///

E você? Essas dicas te ajudaram? Fazem sentido para você? Volte para nos contar!


Sem comentários no momento

Grupo Brinque-Book
Rua Mourato Coelho, 1215 - Vila Madalena
São Paulo - CEP 05417-012 - SP