Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

Cinco curiosidades que seu filho vai adorar saber sobre as preguiças ;)

05/03/2021

Crianças adoram saber de tudo, não é mesmo? Curiosidade é uma qualidade importantíssima, que faz parte da infância e deve sempre ser incentivada.

Ela é lentaaaaa! Mas é super! Você vai descobrir que as preguiças podem ter habilidades impressionantes! Imagem:A superpreguiça, de Robert Starling

Os pequenos estão sempre dispostos a compreender o mundo, e acham tudo muito interessante, porque estão vendo e vivendo experiências pela primeira vez.

Como pesquisadores, experimentam, intuem, sentem, se enchem de encantamento, dúvidas e hipóteses, que testam incansavelmente, seja pedindo para reviver momentos, leituras, brincadeiras ou seja perguntando sem parar.

A fase dos por quês já passou por aí?

Cultivando a curiosidade

Leituras, curiosidades, livros informativos e literários e experiências, muitas experiências. Essas são ótimas maneiras de cultivar a curiosidade, essencial também para a criatividade, outra habilidade que vai ser cada vez mais importante.

Experiência, neste contexto, quer dizer ter tempo e espaço para explorar: uma bacia cheia de água para brincar, banho de mangueira, cutucar a terra, reparar nos insetinhos que entram e saem das nossas casas.

Aqui, neste post, damos algumas dicas dessas brincadeiras exploratórias dos pequenos:

Procurando ideias de brincadeiras para os seus pequenos? Tente os tecidos!

 

E, se o assunto é cultivar curiosidade, por que não levar informações curiosas para os pequenos? Neste post, elegemos um animal muito especial, que chegou aqui no catálogo da Brinque-Book em janeiro, contando justamente a história de uma…preguiça!

5 curiosidades curiosas sobre as preguiças

No livro A superpreguiça, de Robert Starling (autor também de Zeca Zangado), uma preguiça levava uma vida tranquila até encontrar uma HQ de super heróis. Diante do sumiço de várias magas na floresta tropical onde habitava, resolveu dar uma força para os animais e desvendar que estaria por trás dos roubos.

Inspirados por essa super heroína que não mede esforços para proteger o grupo, trouxemos algumas curiosidades muito curiosas sobre este animal, originário e habitante das florestas tropicais da América do Sul. Chame essas crianças, esse trecho é para ler com elas:

1) Preguiça não é preguiçosa

Pois é, as preguiças dormem apenas 12 horas por dia, o que não é um absurdo. Se pensarmos que os felinos, por exemplo, dormem quase 70% do tempo, nossos simpáticos amigos aqui não podem ser considerados os mais preguiçosos.

As preguiças são mesmo é lentas. De verdade! Elas percorrem, no máximo, 38 metros por dia. Isso é o equivalente a caminhar pelo espaço de três ou quatro casas numa rua.

Andam a cerca de 2 metros por minuto, o que é realmente muito pouco!

///

2) Seus pelos abrigam outros bichos

Os pelos desses animais fofos e tranquilos são, em geral, marrom-esverdeado.

Essa coloração não é mérito todo das preguiças: elas contam com a ajuda de pequenas algas que vivem na pelagem desse animais. Para o bicho preguiça, a presença desse tipo de vida em sua pelagem é benéfica, pois ajuda a camuflar o animal entre as folhas verdes das árvores.

///

3) Pescoço incrível

Apesar de lento, o bicho preguiça tem habilidades bem incríveis. Uma delas é que consegue ficar a maior parte do tempo pendurado de cabeça para baixa nos troncos das árvores graças a suas garras super fortes.

Falando em habilidades incríveis, elas são capazes de virar o pescoço a 270 graus, muito mais do que nós, que mexemos a cabeça a, no máximo, 180 graus (meio círculo).

As preguiças (quase) nunca descem das árvores. Só saem de lá para fazer xixi e cocô — o que acontece beeeem de vez em quando. Imagem: A superpreguiça, de Robert Starling

///

4) Nadam bem, mas não bebem nada

São excelentes nadadoras! Mais rápidas na água que em terra. E olha que detalhe curioso: preguiças não bebem água! O líquido presente dentro das folhas, que são seu principal alimento, já resolve também sua sede.

Elas passam a maior parte do tempo nas copas das árvores, onde se alimentam, dormem e, às vezes, arranjam seus parceiros. Mas é bom dizer: preferem viver sozinhas!

///

5) Xixi e cocô só de vez em quando

Tanto é verdade que só fazem xixi e cocô uma vez por semana! Assim, não precisam descer das árvores nem para isso!

///

E você? O que sabe sobre esses e outros animais curiosos?

 


Comments ( 2 )

  • Oi, notei que vocês não estão postando mais os livros onlines gratuitos que tinha toda sexta-feira. Não terá mais?

    • oi, Emily, tudo bem? Essa foi uma ação que fizemos ao longo do ano passado, especialmente naquele período em que estávamos na quarentena mais restritiva. Ainda não temos previsão de repetir esta ação em 2021… Um abraço! Natalie Catuogno, editora do Blog da Brinque

Editora Schwarcz S.A. - São Paulo
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP