Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Blog
 
 

BLOG

Para o fim de semana, livros infanto-juvenis selecionados para o Acervo Básico

01/12/2018

Nas nossas dicas de livros para o fim de semana vamos indicar sete livros especiais -destacados em seis dicas- ao invés de três obras. A licença poética para mais que dobrar as indicações tem razão: todos os títulos acabaram de ser selecionados pela FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil)  para integrar o Acervo Básico.

Isso significa que são livros considerados de melhor qualidade literária, cuja seleção serve para orientar a formação de acervo em escolas, bibliotecas e serviços públicos de Educação e Cultura.

Aqui, nesta nossa lista, só títulos da Escarlate, editora do Grupo Brinque-Book para livros infanta-juvenis (a partir de 8 anos). Pela Brinque-Book, a FNLIJ selecionou 11 títulos para crianças. Veja neste post e neste outro aqui.

A seguir, nossa lista especial. #Vem!

1) Patacoadas, de Patricia Auerbach: a expressão “quem nunca?” é tônica dessa obra da premiada Patricia Auerbach que, com este livro, estreou na ficção infanto-juvenil. Quem nunca passou vergonha na escola? Quem nunca se arrependeu de não ter feito xixi na hora do recreio? Quem nunca esqueceu o que não podia esquecer? Nestas divertidas histórias, a Patricia reconta, com leveza e bom humor, várias “patacoadas” da sua infância e juventude. A finalista do Jabuti -com a obra O jornal(Brinque-Book)- constrói um livro com a qual todo mundo vai se identificar.

2) Esopo – Liberdade para as fábulas, de Luiz Antonio Aguiar (texto) e Márcia Széliga (ilustrações): esta obra engenhosa venceu o Prêmio AEILIJ (Associação de Escritores e Ilustrador de Livros Infantis e Juvenis). Histórias como a da raposa e das uvas, da lebre e da tartaruga ou da cigarra e da formiga são conhecidas por quase todos, mas muito pouco se sabe sobre seu criador. Neste livro, de forma intrigante e original, o autor Luiz Antonio Aguiar procura jogar luz sobre a enigmática vida de Esopo, a respeito da qual pouquíssimo se sabe. Intercalando e criando paralelos entre algumas das mais conhecidas fábulas do narrador grego com a história de sua vida, o autor cria um livro que interessará tanto aqueles familiarizados com as fábulas de Esopo quanto aos que entram em contato com sua obra pela primeira vez.

3) Sertão das Arábias, de Fabio Sombra: o autor é um conhecido cordelista, premiado diversas vezes. Vários de seus livros foram selecionados para integrar o catálogo de obras brasileiras a representar o País em diversas edições da Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha. Neste livro, ele reconta algumas das conhecidas histórias narradas por Sheherazade nas Mil e Uma Noites, ambientando-as no sertão brasileiro. Assim, conhecemos as sete viagens do vaqueiro Sibá Romão, o menino Raimundim e sua lamparina velha e um gari chamado Vavá, que, sem querer, descobre um tesouro imenso guardado por um bando de cangaceiros. Em rimas e versos, como manda a boa tradição cordelista. As ilustras seguem a mesma estética e lembram as obras de mestres como o pernambucano J. Borges.

4) Ludi e a Floresta da Tijuca e Ludi e os fantasmas da Biblioteca Nacional, de Luciana Sandroni (texto) e Eduardo Albini (ilustrações): ambos os livros integram a série, que começou com a publicação do premiado Ludi vai à praia – Odisseia da Marquesa. Acompanhamos as peripécias da menina Ludi que, com sua família, acaba sempre viajando para momentos e situações históricas do Brasil. Misturando aventura e história, Luciana costura muito bem presente e passado em enredos deliciosamente bem bolados.

5) O amuleto da chuva, de Maté: o clima no Saara Verde está mudando: as chuvas estão cada vez mais escassas e os rios e lagos que provêm o sustento do Povo do Peixe estão secando. Longe dali, o nômade Povo do Boi também está sofrendo: a seca cada vez mais severa está destruindo as pastagens de seus animais. Tendo sido culpada pela falta de chuva por um novo líder impiedoso, Madih,curandeira e vidente do Povo do Peixe, precisa fugir com Arinê, sua filha adotiva e aprendiz. Em busca de uma solução que traga novamente as nuvens e a chuva para a região, as duas partem em jornadas distintas que as fazem confrontar os ancestrais e as tradições e buscar novos aliados para sobreviver.

6) Cinco enigmas, um tesouro, de Caio Riter: um sonho misterioso com seu bisavô há muito falecido dá a José pistas sobre um tesouro enterrado há décadas na pacata cidade de Viamão, no Rio Grande do Sul. Junto com seus amigos, Brian e Crys, o rapaz embarca numa aventura digna de Indiana Jones, em busca de um misterioso objeto. Com esse título, o premiado Caio Riter, que já ganhou um Jabuti, estreia na Escarlate.


Sem comentários no momento

Grupo Brinque-Book
Rua Mourato Coelho, 1215 - Vila Madalena
São Paulo - CEP 05417-012 - SP